Publicado por: Flavio | novembro 22, 2008

#04 – Música, ou não…

 

Meu objetivo com este post não é dar uma de Luciana Gimenez no programa Super Pop, tampouco começar a escrever sobre assuntos polemicamente clichês, mas, pergunto: Você já parou para analisar a letra da música que ouve??! Não estou falando das músicas estrangeiras, apenas das que nascem aqui no Brasil. Eu venho fazendo isso, e confesso certa surpresa.

 

Antes de colocar alguns exemplos e ser apedrejado pela crítica acéfala, explico um detalhe, ritmos são ritmos, jamais criticaria qualquer um deles, pois adoro alguns que minha mãe não suporta, a recíproca é verdadeira e nem por isso arrisco a dizer que ela ouve os ritmos errados.

 

Pois bem, comecei pelo Funk Carioca, e confesso que me imaginei num filme pornô de quinta categoria. Fiz umas pesquisas na internet e comecei a cair em páginas que me deram até medo de seguir adiante, pois não quero a Polícia Federal rastreando meu computador atrás de material de Pedofilia.

 

Inclusive, se você digitar “Funk Carioca” no Youtube aparecerá mais bunda do que se você digitar “bunda” na busca. E o que mais impressiona é que isso não tem idade, vi um vídeo de uma senhora de 60 anos, preparando o almoço pro neto, dançando e cantando Tati Quebra Barraco com uma cenoura na mão, penso eu que imitando ser um microfone (ou sei lá o que).

 

Depois passei rapidamente pelo Axé Bahia. E lá, pretinha, o bicho pega pega pega pega pega, geral geral geral geral geral, sacode sacode sacode sacode sacode, sacudiu!!! A capacidade que esse povo tem que comprimir a música com poucas palavras e infinitas repetições é incrível.

 

O pior??? Tem gente que ama isso tudo e se você acha que estou sendo chato ou velho demais, confira algumas pérolas:

 

FUNK CARIOCA

 

===

69 frango assado, de ladinho a gente gosta

69 frango assado, de ladinho a gente gosta

se tu não tá aguentando para um poquinho

tá ardendo assopra

===

Eu vou tocar uma sirica e vou gozar na sua cara.

Eu vou chupar sua piroca e vou tomar vara de guarda

Vai mamada, Vai mamada

===

Eu vou pro baile sem calcinha

Agora eu sou piranha e ninguém vai me Segurar!

===

Abre as Pernas e Relaxa

Vem por cima e senta (6x)

Senta (13x)

===

Sou moça só posso beijar na boca

vinho com leite moça é pau na coxa

===

 

AXÉ BAHIA

 

===

e demorô demoro demoro

e demorô demoro demoro

pra invadir salvador

e demorô demoro demoro

e demorô demoro demoro

sambao dos sungas ja chegou

===

Liga o som do seu carrão

Vai juntando a multidão

E começa a quebradeira

Quebra, quebra, quebradeira

Quebra, quebra, quebradeira

Quebra, quebra, quebradeira

Quebra, quebra, quebradeira

===

Se deixar falar no ouvido

O moleque pega geral

Pretinha, morena e loura fatal

O moleque pega geral

Atriz, socialite et cetera e tal

O moleque pega geral

O moleque pega geral

O moleque pega geral

O moleque pega geral

===

 

DesVincule o ritmo da letra da música que você ouve!

Anúncios

Responses

  1. O pior (ou melhor, sei lá) é que eu já tinha percebido isso!

  2. o pior q isso contamina criancas q inves de ouvirem xuxa(kkkkkkkk)ouvem isso
    no seus aniversarios

  3. Muito bem cara. É realmente muito difícil ser brasileiro quando o assunto é música. Pior é que lá fora a gringada paga pau pra “ginga” e pro “swing” nacional. Mal sabem eles o inferno que é…

  4. 69 frango assado, de ladinho a gente gosta
    69 frango assado, de ladinho a gente gosta
    se tu não tá aguentando para um poquinho
    tá ardendo assopra

    Hahuahuauhauhauhauhauhauauhuhauhauha ri demais … phodão

  5. adoro 69 , frango assado , d ladinho q eu soco.. tudo sem dó…viva as tchutchucas… vem q aki tem … vejooo

  6. Cara, a idéia é justamente essa. Estas músicas representam o que o povão diz. é o vocabulário dos becos dos guetos.

    Não que eu seja amante dessas músicas, mas a nóia é justamente ser “zuado”.

    Já imaginou vc bêbado…num carnaval e tocando de fundo (o chatíssimo na minha opinião)Caetano Veloso com….”Debaixo dos caracóis…” Cortaria meus pulsos com a chave do carro.

  7. O jeito é começar a traduzir as americanas, como no vídeo que vc comentou lá no Vacina, kkkkkkkkkk. Acaba sendo do mesmo nível, mas aposto que não fazem o mesmo sucesso que os lixos citados acima. Um abraço !!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: