Publicado por: Flavio | novembro 26, 2008

#05 – O crime compensa

 

Recomendo DRAMIN antes da leitura.

 

Vou resumir e comentar a matéria de capa da VEJA dessa semana: 200 dias de cadeia, a (boa) vida dos acusados do Caso Isabella. Acredito que se Galvão Bueno estivesse narrando essas páginas certamente ouviríamos: Haja coração amigo, e eu completo, e muito estômago também!!!

 

A vida depois do crime

– Nardoni divide a cela com apenas 04 presos

– A cela é equipada com televisão, rádio, três beliches duplos e um chuveiro frio

– A maioria dos detentos acorda as 06 da manhã, tomam café e seguem para o trabalho nas oficinas

– Mais tarde seguem para alguma aula (línguas, música ou computação)

– Às 16hs eles vão para o banho de sol, quando aproveitam para jogar bola. Depois disso é jantar e cama.

– Nardoni optou por não trabalhar nem estudar, às vezes comparece às aulas de música e acorda às 10am

– Semanalmente seu pai lhe traz: frutas, bolachas, chocolates, refrigerantes, pasta de dente e repelente para o filho dividir com a cela toda.

 

A Contrapartida

– No 12º distrito policial de SP a carceragem tem capacidade para 28 presos e abrigava 138

– Um dos presos morreu vítima de diarréia, vômito e febre

– Mais da metade da população brasileira não tem acesso a rede de esgoto

– Nos dias de hoje, um terço da população é mal nutrida

– 09% das crianças morrem antes de completar um ano de vida

– Cerca de 32 milhões de pessoas passem fome

– Mais 65 milhões de pessoas que não ingerem a quantidade mínima diária de calorias

– Taxa de desemprego no Brasil é o dobro da média mundial

 

Comentários pessoais:

O crime compensa se você for da elite, se o ato for estrategicamente divulgado pelas hienas famintas da mídia (jornais, revistas e televisão). Do contrário amigo, você se fudeu, vai ter que dar a bunda numa cadeia imunda, para um preso veterano conhecido como Black-Jegue. Contudo, se você for esperto, o crime compensa sim.

 

Eu particularmente não tenho a opção entre trabalhar e ficar em casa coçando o saco e assistindo televisão, o Nardoni sim (aliás, haja saco). Nunca tive a opção de fazer aula de música gratuitamente, tampouco me sobra tempo para bater uma bolinha durante a semana, para o Nardoni sim.

 

Há muito tempo atrás, na época de adolescência, me lembro de ter ido acampar e tive que optar em levar o repelente ou o protetor solar, optei pelo protetor, não fez sol e eu tive que dormir com meias nos pés e nos braços por causa dos mosquitos, já o nosso amigo Nardoni tem repelente até pra passar no pão, ou no cú, ele pode escolher, até porque ele tem um estoque que é abastecido semanalmente.

 

Ahhhh já estava quase me esquecendo, vocês se lembram dos irmãos Cravinhos e do Lindembergue? Pois é, eles também estão entre as celebridades que ocupam a Pousada de Férias Tremembé, erroneamente chamada Centro de Detenção.

 

DesVincule a imagem de que o crime não compensa e até a próxima patacoada…

 

Anúncios

Responses

  1. Li etsa matéria e fiquei indignado com a boa vida que estes bárbaros estão levando.Infelizmente,esta é a justiça do nosso país.

  2. O sistema carcerário brasileiro é lastimavél. O preso custa cerca de R$1.00 por mês e, esse dinheiro sai do nosso bolso, para esses filhos da putas queimarem colchão.
    Dão boi para o Nardoni por causa da mídia e dele pertencer a classe média, como você mesmo mencionou.
    Tem que por esses caras para trabalhar, ficar o dia inteiro coçando não vai reabilitar ninguém.
    Pensa comigo: O cara fica 5 anos preso, na cadeia não aprende nenhuma profissão, pelo contrário. O camarada é preso por ter batido carteira e, sai de lá pronto para roubar carro.
    Tem presidios no interior do Paraná, que montou uma fábrica de reciclagem, para os presos trabalharem e, quando eles saem de lá continuam trabalhando, tudo para o camarada não voltar para o crime.
    Tem que construir mais escola ], ao invés de coonstruir presidio…

    http://hdebarbamalfeita.blogspot.com/


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: