Publicado por: Flavio | julho 15, 2009

#43 – O Jantar (Parte II)


[…] continuação do post anterior […]


Bom, obviamente que se alguém leu o cardápio inteiro, deve ter percebido que minha pré-opção seria escolher, na noite do jantar, o básico Salmão, mas existe uma explicação. Por total desconhecimento desse mundo gastronômico, o meu medo era pedir um prato e fazer merda… imagina pedir algo sem conhecer e ver quatro garçons vindo lá do fundo do restaurante trazendo um leitão inteiro num espeto e ouvir: Senhor o seu prato chegou!


Voltando ao pré-sofrimento, ainda me restou uma dúvida quanto a vestimenta, e confesso que quase optei por alugar um smoking, mas fui de social básico, sem gravata, afinal era sexta feira. Planejei chegar cedo, assim sentaria no canto da mesa e não seria o centro das atenções, e assim o fiz… aliás, fui o primeiro a chegar. O time estava bem dividido entre senhoras e senhores e ao ponto que as pessoas iam chegando eu me via cercado apenas pelas senhoras.


Ficar somente entre as gerentes foi constrangedor, se eu já não tinha papo com eles no geral, imagina ter que debater “ontem minha filha levou o namorado pra dormir em casa” ou “semana passada minha filha usou meu scarpin” ou “você viu o novo Victoria Secret de mamão silvestre”… mas sabe o que foi pior? no outro canto da mesa falava-se em futebol!!! Até que num determinado momento ouvi: Flavio, você está quieto hoje! Frase dita pelo meu gerente… detalhe… ainda estávamos no antepasto!!!


Cardápios entregues, e foi nesse momento que agradeci a Deus por me fazer tão desconfiado estrategicamente falando, explico: o cardápio que recebi estava inteiro em inglês e eu jamais pediria a troca pelo cardápio em português, pois não poderia confessar meu analfabetismo na língua estrangeira. Quase que de imediato pedi, salmão grelhado com legumes, por favor.


Nesse restaurante os garçons cantam temas da Broadway e pela minha localização na mesa, ouvia com freqüência “aaaaí essa musica é tão linda..” mal sabiam elas que eu cheguei ao restaurante ouvindo “olha quanto boy, olha quanta mina, afoga essa vaca dentro da piscina, hãã”.


Meu salmão chegou e junto com ele todos os outros pratos, a posta do meu peixe estava economicamente em crise e os legumes de pé, olhei rapidamente para os outros pratos e percebi que pela ausência de assunto e de comida no meu prato eu acabaria de comer em três minutos. Foi o dia em que eu mais mastiguei na minha vida!!!


No final de tudo o alívio, meu gerente fez um discurso (atrapalhado pelos garçons do Raul Gil) e pagou a conta. Passar no Mcdonalds ainda era uma opção, mas apesar da fome, já estava tarde.


Moral da história:
– se um dia for num restaurante que você não se identifique ou não seja do seu costume, não invente, escolha o prato básico
– no jantar, sente entre os homens
– se tiver dificuldades uma dica: vá até o banheiro, coloque sabão nos olhos, esfregue até ficar vermelho, volte para a mesa comece a babar e mostrar os dentes, imite um macaco e comece a arranhar a pessoa do lado, finja que a mutação está iniciando, se gerar pânico, apenas lembre-se de pegar o carro na saída.


Observação: apesar de não parecer, essa é uma história 100% real… só eu sei o quanto!!!

Anúncios

Responses

  1. Um curso de etiqueta que ocuparia 3 horas de um sábado da sua vida tb ajudaria bastante.
    tsc tsc
    A Walita ofere uns de graça na av paulista hahaha

  2. Hahaha, genial a história!!
    Além da sugestao dada acima (ou abaixo?), vc tbem pode comprar o livro daquela mulher q fala de etiqueta na Fantástico. É a sua cara, kkkk!!!
    Isso pro caso de vc querer se sentir mais confortável nestes eventos, porque, na real, nao faz a menor diferença!!
    Grande abraço, já estou leitor do blog!

  3. kkkkkk …. essa foi discutida no fumódromo ? Eu perdi ?!?!

  4. […] #42 – O Jantar (Parte I) >>> Link do Texto #43 – O Jantar (Parte II) >>> Link do Texto […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: